Série: Especial Family Guy e Simpsons

by - quinta-feira, outubro 02, 2014




  Não sei se vocês ficaram sabendo, mais no começo deste ano a FOX divulgou que iria fazer um especial, unindo Family Guy e os Simpson's, que foi ao ar essa semana.
 Quem é fã do Family Guy, como eu, ficou super animado para ver a transições entre os dois. Sabemos que há uma certa rivalidade, entre os fãs dos Simpson's com o Family Guy.
  Eu particularmente já fui muito fã dos Simpson's, mais acho que com o tempo eles perderam a magia, vejo que o Homer é mais um homem tentando ser um pai melhor, a Lisa como sempre, sendo a menina que tenta ser reconhecida e menos "Forever Alone" e o Bart passando pela fase de adolescencia, se apaixonando e tudo mais, o que para mim virou uma tipica família. As cenas macabras ficaram mais para a categoria da série chamada "Casa dos Horrores".
  Family Guy é os Simpson's do passado, ou seja, cenas grotescas, como um menino de 5 anos de idade tentando matar a mãe. Um cachorro que dá em cima de garotas, e é claro não posso deixar de falar do Peter Grifin, o pai de família, que não tem nada disso, totalmente largado, despreocupado, que só quer satisfaser todos os seus desejos estranhos juntamente com seus amigos.
  Family Guy não tem só isso, para quem presta atenção na série, eles criticam bastante as atitudes da sociedade e da política, claro que com toque de humor, mais que te faz parar para refletir um pouco. Então, vamos falar um pouco sobre o episódio.

ATENÇÃO SPOLIER ALERT!

  Semana passada saiu o especial entre os dois. 
  A história se passa em Springfield, mais antes disso vamos saber o porque.

  Petter Griffin resolve fazer tirinhas para jornais, mais ele acaba passando dos limites, e começar a fazer suas tirinhas um pouco maxistas. É claro que as mulheres odiaram, e acabam se revoltando, fazendo com que sua família fique em perigo.
  Então, resolvem sair da cidade e esperar que as coisas se esfriem um pouco. Seu carro acaba sendo roubado, e eles encontram a cidade de Springfield.
 Param na lojinha do Appu, pedindo comida, até que encontram o Homer que lhe oferece estadia em sua casa, até encontrarem seu carro.
  Vemos toda a familia se conhecer, Meg faz amizade com Lisa, Brian e Cris ficam com o ajudante de papai noel, pois os Simpsons não entendem o porque de um cachorro fazer parte da família. Stewie acaba ficando com Bart e se tornando seu maior fã. Bem, a família acaba sendo coadjuvante, quase nem aparecendo na série.


  O que mais surpreendeu foi a amizade de Homer com Peter, eles fizeram uma apresentação de dança super sensual que foi a melhor cena e me tirou enormes gargalhadas, essa parte você percebe que tem o toque mais Family Guy.



 A história tem uma reviravolta, quando Petter descobre que sua cerveja favorita Pawtucket Patriot Ale é a Duff disfarçada, o que gera uma briga violenta entre 
Petter e Homer, a famosa briga da Galinha de Family Guy. 





 É claro que depois de destruirem a cidade inteira, eles fazem as pazes... típico não.

O que eu achei do episódio?

 Como disse, adoro Family Guy, mas acho que eles deixaram muito a família de lado e focaram
mais no Peter e no Homer. 
 Poderia ter saido coisa melhor entre Stewie e Bart, mais quase não se passa nada dos dois,
Maggie e Lois, só tiveram apenas uma participação pequena. 
 A cena realmente mais engraçada foi a dança e a briga da galinha. Mais vale a pena assistir,
nossos dois desenhos unidos em um só.

Espero que tenham gostado da resenha e da minha opinião sobre a série. 
E você já assistiram o episódio? Me contem o que acharam!
Beijos!

Encontre-me também nas redes sociais
@deborah_ricardo








  

You May Also Like

0 comentários